quarta-feira, junho 16, 2021
HomeCovid-19Investigadores alemães afirmam ter provas de que Maddie está morta

Investigadores alemães afirmam ter provas de que Maddie está morta

NOTÍCIAS AO MINUTO

Os investigadores da polícia alemã informaram “ter provas” de que a menina britânica Madeleine McCann, desaparecida em 2007 em Portugal, está morta, disse hoje (17) um porta-voz da Procuradoria de Brunswick, na Alemanha.

“Temos provas ou fatos concretos e não meras indicações”, disse o porta-voz à agência noticiosa AFP, acrescentando que não eram “provas forenses”, como o local onde esteja o corpo do desaparecimento da menina, cujo principal suspeito é um alemão atualmente detido na Alemanha por outro crime.

“Por enquanto, não posso revelar as informações exatas que temos e que indicam que o nosso suspeito matou Madeleine”, declarou o porta-voz.

O porta-voz revelou que as autoridades alemãs escreveram para os pais da menina, relatando os fatos.

Christian Brueckner, 43 anos, é acusado pelo crime e de ser pedófilo reincidente. Ele atualmente está sob prisão em Kiel, no norte da Alemanha.

Brueckner é suspeito do assassinato da menina, que na ocasião estava em férias com os pais e outros dois irmãos em Portugal. Os investigadores descobriram, de acordo com a comunicação social alemã, roupas de praia infantis no carro do suspeito. Segundo jornais alemães, os investigadores também teriam encontrado ‘pendrives’ USB com milhares de imagens sexuais de crianças.

O suspeito já fez um pedido de libertação que não será aceito, de acordo com a Procuradoria.

A Polícia Judiciária (PJ) reabriu a investigação em 2013, depois de o caso ter sido arquivado pela Procuradoria Geral da República em 2008, ilibando os três acusados, os pais de Madeleine, Kate e Gerry McCann, e um outro britânico, Robert Murat.

Nesta segunda-feira a imprensa britânica informou que o procurador alemão Hans Christian Wolters – principal responsável pela investigação – teria escrito e enviado uma carta aos pais de Maddie, Kate e Gerry McCann, confirmando que a menina que desapareceu no Algarve, em 2007, está morta.

Os pais da menina, por sua vez, negaram ter recebido a referida carta.

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments