sexta-feira, abril 16, 2021
Home Destaque principal Mais de 20 toneladas de drogas são apreendidas

Mais de 20 toneladas de drogas são apreendidas

Redação

Nos últimos dois anos, mais de 20 toneladas de drogas foram apreendidas na extensão dos 983 km de fronteira, seca e alagada, de Mato Grosso com a Bolívia. O montante é resultado das ações repressivas do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron-MT), unidade que compõe a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). Somente nos 12 meses de 2020, foram apreendidas mais de 14 toneladas de drogas. Já em 2019, esse montante chegou a seis toneladas.

Ainda segundo levantamento do Gefron, nos últimos 24 meses, as atividades desenvolvidas na fronteira resultaram em prejuízo ao crime de mais de R$ 381 milhões. Somente de janeiro a dezembro de 2020, as drogas e bens retirados de circulação somaram cerca de R$ 298 milhões. Já no mesmo período de 2019, foram mais de R$ 83 milhões.

O tráfico de drogas ocorre na fronteira por meio fluvial, terrestre e aéreo. Automóveis, ônibus de linha regular, veículos de cargas, motocicletas, bicicletas e até mesmo pessoas, as chamadas “mulas”, são usadas para transportar as drogas.

“O Gefron finaliza os dois últimos anos com uma alta produtividade, principalmente em termos de apreensões de drogas e apreensão e recuperação de veículos produto de crime. Esse aumento significativo vem calçado pela evolução técnica do efetivo policial da unidade, que vem se especializando cada vez mais nas atividades de policiamento de fronteira”, enfatizou o coordenador do grupamento, tenente-coronel PM Fabio Ricas.

O enfrentamento aos crimes transfronteiriços também conta com a atuação integrada de demais forças estaduais e federais, como Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Exército Brasileiro, Força Aérea Brasileira, Polícia Judiciária Civil (PJC), por meio da Delegacia Especial de Fronteira (Defron), Indea e Receita Federal.

Outras apreensões

Nos últimos dois anos, 607 ocorrências foram registradas na fronteira e as abordagens resultaram em 71 prisões por mandado judicial. Ao todo, 582 veículos foram apreendidos e/ou recuperados 98 armas de fogo e 2.346 munições foram retiradas de circulação.

Também no período, mais de 33 mil quilos em produtos de contrabando e/ou descaminho foram apreendidos.

O Gefron passou a operar na repressão aos crimes de fronteira em 13 de março de 2002. Os 140 policiais realizam patrulhamentos pelas rodovias, estradas vicinais, operações, barreiras fixas e volantes na repressão ao tráfico de drogas, contrabando e descaminho de bens e valores, evasão de divisas e roubos de veículos.

A base operacional do grupamento fica no município Porto Esperidião. Outros pontos de fiscalização estão distribuídos na região do Matão (no município de Pontes e Lacerda), Vila Cardoso, Avião Caído (em Cáceres), Canil Integrado (Cáceres), além da sede administrativa que fica na Sesp, em Cuiabá.

Denúncias

O Gefron conta com um canal de disque-denúncias, que é o telefone 0800.646.1402. As informações recebidas são checadas pelo grupamento e a identidade é mantida em sigilo.

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments