terça-feira, maio 18, 2021
HomeDestaqueDiego entrará com representação criminal contra Renivaldo Nascimento por ameaça

Diego entrará com representação criminal contra Renivaldo Nascimento por ameaça

O vereador Diego Guimarães (Cidadania) após ser ameaçado em um grupo de WhatsApp pelo vereador Renivaldo Nascimento (PSDB), afirmou que irá registrar um Boletim de Ocorrência junto a Polícia Civil por ameaça. O caso será registrado na manhã desta segunda-feira (19), já que o vereador afirma que não é a primeira vez que passa por esse tipo de constrangimento.

A conversa foi divulgada pela imprensa no domingo (18), após prints do grupo de parlamentares da Câmara Municipal de Cuiabá ter vazado.

“Safado, covarde”, disse Renivaldo, sugerindo que iria quebrar os dentes do colega e gerar serviço para o pessoal da odontologia.

“Não é a primeira vez que o Renivaldo faz isso. É acostumado agredir colegas com palavras, empurrão, tapas e ameaças. É uma situação que, uma hora ou outra, pode acontecer algo mais grave. Por isso, vou registrar um boletim de ocorrência para que o Poder Judiciário tome as medidas. Vou representa-lo por ameaça”, disse.

As ameaças ocorreram após a publicação de uma reportagem em que Diego criticou o Legislativo municipal por tratar de temas irrelevantes no momento em que a cidade é duramente atingida por uma pandemia.

Diego – que está licenciado, pois realizou uma cirurgia no joelho e  vereadora Maysa Leão (Cidadania), assumiu a cadeira.

“Que ele seja advertido dentro da pena que existe no código de ética da Câmara ele precisa ser parado, porque uma hora ou outra pode acontecer algo mais grave”, pontuou.

Um pedido de desculpas foi feito por Renivaldo após a repercussão dos insultos na imprensa regional.

“Quero aqui pedir desculpas ao Diego pela postagem, um erro da minha parte injustificável”, disse o tucano no mesmo grupo de WhatsApp.

“Eu não abri mais o grupo. Se ele fez, a mim não chegou. Não me ligou, não se desculpou. Ele tem que aprender a respeitar as opiniões divergentes das dele. Eu emiti minha opinião. A Câmara não está fazendo muita coisa nesse momento. Poderia fazer mais. Eu não mudo meu posicionamento. Ele precisa aceitar isso e respeitar”, finaliza.

Por: Esportes & Notícias

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments