sábado, dezembro 4, 2021
HomeAgronegócioNúmero de Inadimplentes de Mato Grosso cai ‐1,86% na passagem de julho...

Número de Inadimplentes de Mato Grosso cai ‐1,86% na passagem de julho para agosto de 2021, segundo levantamento da CDL Cuiabá

Conforme levantamento feito pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Cuiabá), através do seu Núcleo de Inteligência de Mercado, SPC Brasil e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o número de inadimplentes em Mato Grosso caiu ‐2,13% em agosto de 2021, em relação a agosto de 2020. O dado ficou abaixo da média da região Centro‐Oeste (‐2,04%) e abaixo da média nacional (‐1,69%). Já na passagem de julho para agosto, o número de devedores caiu ‐1,86%. Na região Centro‐Oeste, na mesma base de comparação, a variação foi de 0,34%.

A abertura por faixa etária mostra que o número de devedores com participação mais expressiva no Estado em agosto foi o de 30 a 39 anos (26,19%). A participação dos devedores por sexo segue bem distribuída, sendo 54,20% homens e 45,80% mulheres.

O levantamento revela ainda que em agosto de 2021, cada consumidor negativado do Estado devia, em média, R$ 3.410,07 na soma de todas as dívidas. Os dados ainda mostram que 40,22% dos consumidores mato-grossenses tinham dívidas de valor de até R$ 500, percentual que chega a 55,02% quando se fala de dívidas de até R$ 1.000.

O tempo médio de atraso dos devedores negativados é igual a 25,9 meses, sendo que 33,73% dos devedores possuem tempo de inadimplência entre 1 a 3 anos.

Evolução do número de dívidas

Em agosto de 2021, o número de dívidas em atraso de moradores do Estado caiu ‐3,20%, em relação a agosto de 2020. O dado ficou abaixo da média da região Centro‐Oeste (‐2,53%) e abaixo da média nacional (‐2,44%).

Na passagem de julho para agosto, o número de dívidas caiu ‐1,83%. Na região Centro‐Oeste, nessa mesma base de comparação, a variação foi de 0,24%, sendo que o setor com participação mais expressiva foram os Bancos, com 33,70% do total de dívidas.

Número médio de dívidas por devedores

Em agosto de 2021, cada consumidor inadimplente tinha em média 1,911 dívidas em atraso. O número ficou acima da média da região Centro‐Oeste (1,867 dívidas por pessoa inadimplente) e acima da média nacional registrada no mês (1,796 dívidas para cada pessoa inadimplente).

Para o superintendente da CDL Cuiabá, Fábio Granja, com a recuperação econômica que vem se apresentando nos últimos meses e com a geração de emprego apresentada recentemente pelo Caged, já se esperava uma queda significativa da inadimplência em Mato Grosso.

“Nós já estávamos com essa expectativa de melhores resultados para a inadimplência no nosso Estado, o cenário econômico principalmente desde o mês de maio tem apresentado índices mais positivos, principalmente no volume de vendas e na geração de empregos. Apesar do crediário ter crescido 8,6% quando comparado agosto com julho de 2021 e o número de inadimplentes ainda estar elevado, próximo de 1,076 milhão, a perspectiva é que seja mantida a tendência de queda da inadimplência, já que a concessão de crédito tem tido critérios ainda mais seguros e o próprio comportamento do consumidor tem sido por um consumo mais consciente”, disse Granja.

 

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments