terça-feira, maio 18, 2021
HomeDestaqueSistema Penitenciário adquire 20 mil testes para detectar casos de Covid-19

Sistema Penitenciário adquire 20 mil testes para detectar casos de Covid-19

A Adjunta de Administração Penitenciária (SAAP) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), adquiriu 20 mil novos testes rápidos de sangue (IGG e IGM), além do antígeno por SWAB (RT-PCR). A aquisição foi feita por meio de parceria com o Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário de Mato Grosso (GMF) e o Conselho de Execuções Penais de Cuiabá e Várzea Grande (CONCEP).

Os testes possuem rapidez e eficiência no diagnóstico clínico do coronavírus (Covid-19), e poderão ser realizados nos servidores das unidades penais, assim como nos reeducandos. Dessa forma, medidas de isolamento e tratamento poderão ser iniciadas imediatamente, a fim de evitar a propagação do vírus, contribuindo com as medidas de controle da pandemia dentro do Sistema Penitenciário.

Os trabalhos de testagens entre os servidores penitenciários que apresentam suspeitas de contaminação ou sintomas são realizados diariamente por uma equipe de saúde da SAAP, junto ao setor de Gestão de Pessoas da Sesp-MT. Além disso, os testes são aplicados nos trabalhadores que circulam pelas unidades penais, ou em atividades de saída e retorno para unidades de origem.

Já entre os reeducandos, os testes serão utilizados nas situações de acolhimentos dos novos ingressos no Sistema Penitenciário do Estado, e também em casos suspeitos nas unidades.

Em Cuiabá, as pessoas que passam por Audiência de Custódia, de forma virtual, e têm a decisão de privação de liberdade, já são recebidas por uma equipe de profissionais que fazem o acolhimento psicossocial e de saúde, observando os sinais vitais e testagem rápida. Logo após esse atendimento, a pessoa privada de liberdade é encaminhada ao Centro de Ressocialização de Várzea Grande (CRVG), onde passa a ser monitorada por 14 dias, antes de ser encaminhada para a respectiva unidade que cumprirá a pena.

Já em Várzea Grande, a audiência de custódia também ocorre na modalidade virtual, mediada pela unidade prisional, na qual o recém-chegado também é testado, atendido e monitorado por 14 dias por uma equipe de saúde.

Segundo a coordenadora de Saúde do Sistema Penitenciário, Lenil Figueiredo, os testes são aliados importantes na prevenção e contenção dos efeitos do vírus. “É uma medida que visa detectar possível contaminação de servidores e recuperandos, possibilitando ações rápidas para controlar a disseminação do vírus e tratar imediatamente a doença”.

Testagens e casos confirmados

Desde o início da pandemia até o dia 07 de abril de 2021, Mato Grosso apresenta 752 casos de Covid-19 confirmados entre os servidores, 1.287 testados negativos, 35 aguardam o resultado do exame, 671 curados e 13 óbitos.

Já entre os reeducandos, são 2.482 casos confirmados, 2.402 curados, 6.026 testados negativos, 48 aguardam o resultado do exame e quatro óbitos.

(Sob supervisão da jornalista Nara Assis)

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments