terça-feira, abril 13, 2021
Home Destaque Polícia Civil prende técnico de enfermagem que falsificava assinatura de médicos para...

Polícia Civil prende técnico de enfermagem que falsificava assinatura de médicos para adquirir remédios controlados

Um técnico de enfermagem suspeito de falsificar assinatura médica e carimbo de receituário controlado foi preso pela Polícia Civil, na tarde de terça-feira (02.03) em trabalho da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá). Além da prisão, a ação resultou na apreensão de grande quantidade de medicamentos.

O suspeito de 35 anos é funcionário de em uma clínica de reabilitação para dependentes químicos e foi autuado em flagrante por crimes contra a fé pública, de uso de documento falso e falsificação de documento particular.

As investigações iniciaram após várias ocorrências registradas por médicos que tiveram seus números do Conselho Regional de Medicina (CRM) utilizados em pedidos de exames e receitas de medicação controlada, utilizados de forma irregular.

Durante as diligências para apurar os fatos, os policiais da Derf Rondonópolis identificaram o envolvimento do técnico de saúde nas ocorrências. Na tarde de terça-feira (02) os investigadores da Derf-Rondonópolis receberam informações de que o investigado estava em um Posto de Serviço Público (PSF), no bairro Jardim Sumaré, para revalidar algumas receitas médicas.

De imediato, a equipe foi até o local onde abordaram o técnico de enfermagem com uma bolsa contendo receituários de remédios controlados, pedidos de exames e encaminhamentos médicos todos em branco, pertencentes à Secretaria Municipal de Saúde, além de várias receitas e xerox de documentos de diferentes pessoas.

Diante das evidências, o suspeito foi conduzido à Derf-Rondonópolis para esclarecimentos. Na delegacia foi encontrado um carimbo de CRM com o nome de um médico, o qual havia registrado boletim de ocorrência, no dia 15 de fevereiro, informando a falsificação de sua assinatura e carimbo em receitas de medicamentos de remédios controlados. Na ocasião, a vítima relatou que recebeu informação de uma farmácia de que seu nome e assinatura para compra de remédios controlados.

Em continuidade ao trabalho, os policiais civis foram até a casa do técnico de enfermagem, e no endereço encontraram mais receituários. atestados médicos, receitas em branco, um carimbo de CRM, além de grande quantidade de remédios diversos.

Entre os itens apreendidos estavam caixas de Clorpromaz; de Halo; de Cinetol; de Cloridrato de Lidocaína; de Cloridrato de Metformina; de Cloridrato de Fluoxetina; de Maleato de Enalapril; de Acetato de Medroxiprogesterona; de Cloridrato de Amitriptilina; de Carbamazepina; de Omoprel; de Fenitoína; de Cloridrato de Amitrip; soros fisiológico; esparadrapos; diversas cartelas de comprimidos; muitas ampolas de Dipirona Sódica; de Diclofenaco Potássico. de Butilbrometo; de Escopolamina; entre outras substâncias; frascos de Acebrofilina; de Cloridrato de Ambroxol; de Acetazona; de Clonazepam; pomadas de Labcaína; pacotes de atadura; ampolas de Oprazon; de Água Bacteriostática; estetoscópio; luvas; etc.

Todo o material foi apreendido e encaminhado para delegacia. De acordo com o delegado titular da Derf Rondonópolis, Santiago Rozendo Sanches e Silva, as investigações continuam e se for comprovado que os medicamentos apreendidos na casa do suspeito são de propriedade do Poder Público, o suspeito responderá também por crime de peculato.

“As investigações continuam, pois existe a suspeita de que o profissional de saúde venha cometendo este crime de forma reiterada, podendo estar envolvido em ocorrências registradas desde 2019”, disse o delegado.

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments