sexta-feira, maio 7, 2021
HomePolíticaPor intermédio da Câmara de Cuiabá, comércio abre diálogo com Executivo sobre...

Por intermédio da Câmara de Cuiabá, comércio abre diálogo com Executivo sobre possibilidade de reabertura

Por intermédio da Câmara de Cuiabá, a equipe técnica do Executivo Municipal recebeu na tarde desta segunda-feira (13), representantes do comércio e da indústria da Capital para debater sobre a possibilidade do retorno das atividades comerciais no município.
A reunião foi articulada pelo presidente do Parlamento Municipal, vereador Misael Galvão (PTB), que na semana passada foi procurado pelos diretores da Fecomércio, FIEMT, Facmat, FCDL, CDL Cuiabá e ACC para tratar sobre o assunto. Naquela ocasião, as entidades foram recebidas por Misael e os vereadores Luis Claudio (PP), Toninho de Souza (PSDB) e Orivaldo da Famácia.
O encontro ocorreu no Palácio Alencastro. Na oportunidade, foi constituído um corpo técnico para elaboração de um plano estratégico para retomada da atividade econômica no município, conforme determina o Art. 38 do Decreto Municipal 7868 de 03/04/2020.
Atualmente, apenas os empreendimentos que exercem atividades consideradas fundamentais estão autorizados a abrir as portas, como supermercados, farmácias, posto de combustível e oficina mecânica.
Desta forma, aproveitaram a reunião para expor a preocupação com os efeitos na economia e suas consequências em relação manutenção de empregos e a própria sobrevivência das atividades.
Partindo disso, Misael cobrou assento do setor em discussão na Comissão de Enfrentamento ao Covid-19.
“Todos nós vivemos em Cuiabá, se você olhar bem, quem está pagando o maior preço é o comerciante isso diverge dos dados estatísticos, não é falado economicamente, hoje o poder público em geral tem de ter a humildade de sentar e conversar com os empresários como a prefeitura está fazendo agora, a uma preocupação sim com a Pandemia e temos de nos preparar, eu estou preocupado vendo tudo fechado e a cidade parada, daqui a pouco começaremos a tratar com depressões reais, isso ataca o psicológico da pessoa, vim do comércio sei o que estão passando e daqui a pouco precisará bem mais que medidas brandas, teremos de ser radicais, peço que os representes do setor tenham participação na Comissão de Enfrentamento e decisões em favor das pessoas e município, eles são a mola propulsora da economia”. Afirma Misael.
Um plano emergencial prévio deverá ser apresentado pelas entidades ao prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) já nesta terça-feira, dia 14. Dentre as sugestão já apresentadas pela categoria está a flexibilize as medidas restritivas, permitindo a abertura do comércio e serviços em horário reduzido de funcionamento das 9:00hs às 17:00hs, seguindo todos os cuidados preceituados nas cartilhas disponibilizadas pelo Sesc/Fecomercio, Sesi/FIEMT , garantindo assim a segurança de funcionários e população
Além disso, solicita o retorno ao horário normal de funcionamento de supermercados retorno ao horário normal de funcionamento das lojas de conveniências, mantido o sistema de pegue e leve.
As entidades representadas nesta reunião pelos presidentes da CDL Nelson Soares, Fecomércio José Wenceslau de Souza Júnior, ACC Jonas Alves de Souza e da FIEMT Gustavo Oliveira recebidos pela prefeitura pelos secretários de Meio Ambiente Juares Samaniego e de Governo Lincoln Sardinha, o chefe de gabinete Neto e o técnico Gilberto.
A retomada dependerá das ações definidas com o prefeito Emanuel Pinheiro sempre seguindo os protocolos de segurança da saúde e o cuidado em seguir os decretos já definidos.
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments