sexta-feira, maio 7, 2021
HomeCovid-19Cuiabá atinge a marca de 100 mil doses aplicadas em 3 meses...

Cuiabá atinge a marca de 100 mil doses aplicadas em 3 meses de campanha

Durante o feriado desta quarta-feira 21 de abril, Cuiabá alcançou a marca de 100 mil doses de vacinas contra o coronavírus aplicadas na população. A campanha Vacina Cuiabá – Sua Vida em Primeiro Lugar – teve início no dia 20 de janeiro. ““Somos uma das capitais de maior sucesso da primeira dose e de maior responsabilidade por guardar a segunda dose. Não é estocar não. É guardar, porque ela não me pertence, ela pertence a quem tomou a primeira dose”, explica o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, ao destacar o empenho e compromisso das equipes. “Temos um grande corpo técnico envolvido diretamente. Trabalhando, literalmente, dia e noite pela imunização”.

Até o momento, a capital mato grossense recebeu um total de 139.737 doses de vacinas, destinadas para a primeira e segunda doses. “Levando-se em conta a quantidade de doses recebidas e o que já aplicamos, pode-se verificar que estamos num ritmo muito bom de vacinação. O recebimento de maiores quantidades de doses nas últimas remessas nos possibilitou a abertura de novos pontos e a consequente aceleração do processo, conforme já estava previsto no Plano Municipal de Imunização”, comentou Valéria de Oliveira, coordenadora da campanha de vacinação em Cuiabá.

Na última atualização do Ministério da Saúde, no site Localiza SUS, realizada às 11:03 de 21/04, consta que Cuiabá aplicou 89.425 doses, sendo 66.967 para primeira dose e 22.458 para segunda dose. De acordo com os dados levantados a partir da contagem dos frascos utilizados, até o encerramento da vacinação no dia 21/04 foram aplicadas 100.294 doses. “A diferença entre os dados do Localiza SUS e do levantamento da coordenação da campanha é devido aos registros de aplicação, que ainda não foram lançados no sistema do Ministério da Saúde. Com a descentralização da campanha de vacinação, muitos dados referentes à aplicação não são registrados em tempo real”, explicou Valéria.

As vacinas que ainda não foram aplicadas estão sendo usadas para a primeira dose de idosos acima de 60 anos e para a segunda dose do grupo de 75 a 79 anos, que começou a receber o reforço a partir de terça-feira (20). Também estão guardadas as doses para a segunda aplicação do grupo de 70 a 74 anos e trabalhadores da saúde, que começará a partir do dia 28/04.

“Com os novos polos de vacinação, estamos imunizando uma média de 4 mil pessoas por dia, entre primeira e segunda doses. Com isso foi possível começar a vacinar o grupo de 60 a 64 anos, que estava previsto para iniciar na próxima semana. Nosso objetivo é vacinar o máximo de pessoas no menor tempo possível, mas sempre com responsabilidade e prezando pela parte técnica”, concluiu a coordenadora.

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments