terça-feira, junho 28, 2022
HomeCiênciaCovid, gripe e H3N2: quando procurar atendimento?

Covid, gripe e H3N2: quando procurar atendimento?

Assessoria

Nariz escorrendo, espirros, febre, dores no corpo. Quem já sentiu algum desses sintomas recentemente pode ter ficado na dúvida se estava com gripe, covid-19 ou a H3N2. Porém, além do diagnóstico, é preciso saber em que casos é necessário voltar ao médico, para que a doença não traga complicações.

Para o infectologista do Hospital São Lucas, Luciano Correa, nesta época do ano muitas pessoas procuram atendimento por problemas no sistema respiratório e é preciso estar alerta sobre o que fazer e quais são os sinais mais graves.

“Os sintomas da covid-19, gripe e do H3N2 são muito semelhantes. Dá para confundir. E não tem nenhum sintoma que seja só da covid, por exemplo”, explica o infectologista.

Ele reforça que a orientação do Ministério da Saúde é que caso a pessoa apresente sintomas das síndromes respiratórias, além de buscar atendimento é necessário fazer o isolamento. Isso porque essas doenças são transmitidas pelo contato.

“Para evitar transmitir e também pegar uma dessas doenças vale fazer isolamento social, usar máscara e se vacinar contra a gripe e a covid”, enfatiza o médico.

Na maioria dos casos os sintomas passam com tratamento em casa e alguns dias de repouso. No entanto, para algumas pessoas é preciso de atendimento médico mais de perto, em caso de complicações.

“Quando a febre for persistente, se a oxigenação estiver menor que 93% ou se a pessoa for de grupo de risco é necessário procurar atendimento o mais rápido possível”, alerta Correa.

Entre as pessoas que são consideradas do grupo de risco e merecem atenção dobrada estão as que possuem doenças pulmonares crônicas como asma, pacientes renais, transplantados, idosos e obesos.

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments