sexta-feira, maio 7, 2021
HomeDestaqueDHPP afirma que personal estava com falta de apetite e fraqueza há...

DHPP afirma que personal estava com falta de apetite e fraqueza há pelo menos quatro dias

A personal trainer Helen Christy Carvalho Dias Lesco, de 41 anos, que morreu na noite de domingo (25), após sofrer uma parada cardiorrespiratória em sua casa, apresentava falta de apetite, fraqueza e sonolência há pelo menos quatro dias.

A informação foi divulgada pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá (DHPP) que foi até ao Hospital São Mateus para realizar a liberação do corpo.

A personal era esposa do coronel da PM Evandro Lesco. Ela morava com o esposo e o pai na Cuiabá, que também tentou socorrer a filha.

O boletim médico narra que Helen foi levada à unidade por familiares. Estes informaram que a personal estava de três a quatro dias sem comer (hiporexia), com fraqueza e sonolência.

No hospital, ela já chegou sem pulso. Logo, os médicos tentaram reanimá-la por cerca de 1h mas não obtiveram sucesso. A morte foi confirmada às 21h38 de domingo.

O laudo de necropsia ainda não foi divulgado.

 Operação Esdras

Em setembro de 2017, Helen acabou sendo presa após uma determinação do desembargador Orlando Perri. Na época, Evandro era investigado pela Polícia Civil, por participar de um esquema de escutas ilegais a mando do ex-governador Pedro Taques.

A personal de acordo com as investigações começou a atrapalhar o trabalho da polícia e tentar obstruir a justiça, para que seu marido não fosse preso. Ela foi presa na Operação Esdras e encaminhada para o presídio Ana Maria do Couto.

No Instagram, seguidores e amigos lamentaram a morte precoce de Helen.

Por: Esportes & Notícias

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments