sábado, maio 25, 2024
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
No menu items!
Início Site

Botelho Rebate Críticas sobre Saúde em Cuiabá: “Não Preciso Estudar para Ver o Caos”

0

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) e pré-candidato a prefeito de Cuiabá, deputado Eduardo Botelho (União), respondeu às críticas do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) sobre sua capacidade de gestão da saúde municipal. Em um vídeo compartilhado no Instagram, Botelho foi chamado de “despreparado” por Emanuel. Em resposta, o deputado afirmou que não é necessário um estudo aprofundado para reconhecer o caos na saúde pública da capital.

Ao passar pelo Salão Negro da Casa de Leis nesta sexta-feira (24), Botelho destacou: “Não vou ficar debatendo com Emanuel. Não preciso estudar ou me preparar mais para ver as pessoas sofrendo na Saúde de Cuiabá. A pessoa não quer saber se é primária, secundária, terciária ou ‘quadriária’, ela quer ser atendida.”

O comentário de Botelho foi uma resposta ao vídeo em que Emanuel reagiu a uma entrevista concedida pelo deputado na última quarta-feira (22), na Assembleia Legislativa. Na ocasião, Botelho mencionou pacientes aguardando por cirurgias eletivas há 150 dias. Emanuel pediu que Botelho identificasse essas pessoas, questionando a veracidade das informações.

Botelho explicou que as cirurgias eletivas são realizadas no mesmo dia e que, quando ultrapassam esse prazo, tornam-se procedimentos de alta complexidade, sendo responsabilidade do Estado.

O presidente da ALMT se recusou a prolongar o debate sobre o assunto, afirmando que Emanuel “sabe, mas não resolve nada”. “Não quero ficar mandando recado, nem debatendo, nem dizendo que precisa estudar. Quem sabe o que é primário, secundário, terciário, não resolveu até agora”, concluiu.

 

Fonte: GazetaDigital

Caminhoneiro Condenado por Matar Esposa Após Saída de Motel

0

Nesta quinta-feira (24), o Tribunal do Júri condenou Sérgio Ricardo da Silva a 24 anos de prisão e ao pagamento de uma indenização de R$ 100 mil pelo assassinato de Marlene Aparecida dos Reis, sua esposa. O crime ocorreu em outubro de 2022, sendo o corpo encontrado um dia após o ocorrido na estrada entre Sinop e Vera.

Detalhes do Crime

O crime teve lugar na noite de 05 de outubro de 2022, logo após um encontro do casal em um motel da cidade. Segundo relatos de Sérgio, uma discussão com Marlene culminou no ato violento. A Polícia Civil, em sua investigação, apontou ciúmes e posse como motivações para o assassinato. O casal, que tinha uma filha de 5 anos na época, mantinha um relacionamento há 8 anos.

Após saírem do motel, Sérgio levou Marlene para um local distante e desabitado, onde a espancou repetidamente, causando graves lesões faciais. O crime ocorreu por volta das 23h na Rodovia MT-438.

Condenação e Qualificadores

Sérgio, que era motorista de caminhão, foi condenado com quatro qualificadores reconhecidos pela Justiça: violência doméstica e familiar, razões de gênero feminino, motivo torpe e utilização de forma cruel, impedindo qualquer chance de defesa ou fuga por parte de Marlene.

O desaparecimento de Marlene foi notificado por sua filha mais velha, que procurou a delegacia na manhã seguinte ao homicídio.

Considerações Finais

O Ministério Público de Mato Grosso (MPMT) destacou a brutalidade do crime, evidenciando um sofrimento extremo e desnecessário imposto à vítima. A justiça, ao reconhecer as qualificadoras, reforçou a gravidade e a crueldade do ato cometido por Sérgio.

Fonte: GazetaDigital

Maior Frente Fria do Ano Chega a Cuiabá: Termômetros Devem Marcar 12°C

0

Preparem os casacos e cobertores! A maior frente fria do ano está chegando à Baixada Cuiabana neste fim de semana, trazendo temperaturas que podem cair até 12°C. A massa de ar polar, considerada a mais intensa do ano pelos meteorologistas, será a responsável pela mudança drástica no clima.

Previsão do Tempo

De acordo com o Instituto Climatempo e o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), órgão vinculado ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), a onda de frio está se movendo do Sul para o Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. Mato Grosso será fortemente atingido na próxima semana, com mínimas previstas de até 12°C em Cuiabá e 11°C em Chapada dos Guimarães, onde a sensação térmica pode ser ainda mais baixa.

Temperaturas em Cuiabá

Nesta sexta-feira (24), os termômetros em Cuiabá não devem passar dos 31°C, com uma mínima registrada de 22°C às 6h. A queda na temperatura será acompanhada de pancadas de chuva à tarde e céu nublado à noite.

  • Sábado (25): A manhã começa com garoa e temperaturas ao redor de 19°C às 6h. A máxima do dia será 24°C, com chuva pela manhã e sol entre nuvens à tarde, seguido de mais garoa à noite.
  • Domingo (26): O CPTEC prevê mínima de 14°C e máxima de 26°C, com possibilidade de garoa pela manhã e à noite.
  • Segunda (27) e Terça (28): As temperaturas mínimas ficarão entre 12°C e 15°C, com máxima de 31°C na sexta-feira. Os cuiabanos e moradores das cidades vizinhas enfrentarão sete dias consecutivos de frio.

Imagem

Foto: Reprodução/Repórter MT

Impacto da Frente Fria

A chegada da frente fria, confirmada pelo Climatempo e CPTEC, marcará uma semana atípica para Cuiabá, conhecida por seu clima quente. Os cuiabanos devem se preparar para a queda acentuada das temperaturas e as condições chuvosas.

Fonte: BaixadaCuiabana

Avião da Gol Ultrapassa Pista de Pouso em Aeroporto de Mato Grosso

0

Um avião da Gol, que partiu do Aeroporto de Guarulhos (GRU), ultrapassou a pista de pouso ao aterrissar no Aeroporto Presidente João Batista Figueiredo, em Sinop, a 503 km de Cuiabá. O incidente ocorreu nesta sexta-feira (24) e a aeronave precisou ser rebocada por tratores.

Detalhes do Incidente

O avião envolvido no incidente é um Boeing 737-800. Após a ultrapassagem da pista, a Gol informou que todos os passageiros desembarcaram em segurança. Cerca de uma hora depois do ocorrido, a aeronave retornou para Guarulhos.

Comunicado da GOL

Em nota, a Gol tranquilizou os passageiros e informou que a segurança de todos foi garantida. A empresa destacou que segue rigorosos protocolos de segurança e está investigando as causas do incidente.

Situação da Pista

A concessionária Centro-Oeste Airports (COA), responsável pela administração do aeroporto, comunicou que parte da pista passou recentemente por uma ampliação e ainda está em fase de aprovação pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Segundo a COA, “o episódio, apesar de indesejado, implica baixo impacto na Segurança Operacional.”

Fonte: BaixadaCuiabana

Senador Mourão Justifica Ausência em Auxílio às Vítimas de Enchentes no RS

0

O senador Hamilton Mourão, representante do Rio Grande do Sul pelo partido Republicanos, explicou em entrevista à Rádio Gaúcha sua ausência no apoio direto às vítimas das enchentes que atingem o estado desde o início de maio. Mourão, que foi vice-presidente durante o governo de Jair Bolsonaro (PL), afirmou que sua idade avançada e seu papel como senador justificam a falta de presença física nas áreas afetadas.

Declaração de Mourão

Durante a entrevista, Mourão, de 70 anos, disse: “Eu entendo isso aí. Vamos lembrar sempre que sou um homem de 70 anos de idade. Quantos homens de 70 anos de idade estão no meio da água aí? Mas eu não vejo isso como minha função. Eu estaria tendo um desvio de função.” O senador destacou que, apesar de não estar presente fisicamente nas áreas afetadas, ele tem contribuído de outras maneiras, como enviando carretas com doações e trabalhando para a entrega de recursos. Ele também mencionou que está em contato com parlamentares para destinar emendas ao estado e que prefere agir de maneira discreta.

Atuação de Mourão no RS

De acordo com a assessoria do senador, Mourão esteve no Rio Grande do Sul na quinta-feira (23) e no início de maio. Está previsto que ele visite as cidades do Vale do Taquari nos próximos dias para acompanhar de perto a situação.

Situação no Rio Grande do Sul

Até esta sexta-feira, o Rio Grande do Sul contabiliza 163 mortes devido aos temporais e cheias que assolam o estado desde 29 de abril. A Defesa Civil divulgou que 65 pessoas estão desaparecidas. A saturação do solo e o acúmulo de lixo nas ruas de Porto Alegre, além do aumento do nível do Guaíba, agravam ainda mais a crise.

Fonte: G1

Justiça Oficializa Divórcio de Ana Hickmann e Alexandre Correa

0

A Justiça aceitou o pedido de divórcio da apresentadora Ana Hickmann, oficializando a separação dela e do empresário Alexandre Correa. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa de Hickmann na tarde desta sexta-feira (24).

Pedido de Divórcio e Medida Protetiva

Ana Hickmann entrou com o pedido de divórcio em novembro de 2023, baseando-se na Lei Maria da Penha, após registrar um boletim de ocorrência contra Alexandre Correa por agressão. A Justiça também concedeu uma medida protetiva a Hickmann, que permanece em vigor por tempo indeterminado.

Alegações de Violência Doméstica

O boletim de ocorrência registrado por Ana Hickmann relata que ela sofreu lesão corporal e violência doméstica. Segundo Hickmann, Alexandre pressionou seu braço contra uma porta e ameaçou agredi-la com uma cabeçada. A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP) confirmou o registro do incidente e informou que o caso está sendo investigado.

Reações e Declarações

Em nota, Alexandre Correa admitiu o desentendimento, mas afirmou que não houve maiores consequências. Ele reforçou que sempre tratou Ana Hickmann “com zelo e respeito”. No entanto, ele não se manifestou sobre a alegação de ter pressionado o braço da apresentadora.

Pedido de Revogação da Medida Protetiva

Alexandre Correa também solicitou à Justiça a revogação da medida protetiva, visando manter o direito de ver o filho do casal. Apesar do divórcio, essa questão ainda permanece em análise judicial.

Processo em Segredo de Justiça

A assessoria de imprensa de Ana Hickmann declarou que não pode fornecer mais detalhes sobre a decisão judicial, pois o processo corre em segredo de Justiça.

Fonte: G1

Guaíba Volta a Subir Após Chuvas: Prefeitura de Porto Alegre Tenta Conter Inundações com Sacos de Arei

0

As fortes chuvas que atingem o Rio Grande do Sul desde a última quinta-feira (23) elevaram o nível do Guaíba em Porto Alegre a 4,27 metros nesta sexta-feira (24). A medição, realizada pela Agência Nacional de Águas (ANA) e pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), revela a preocupação com a segurança da população. A prefeitura está tomando medidas emergenciais para tentar conter os alagamentos, mas a situação ainda é de incerteza.

Ação da Prefeitura e Medidas de Contenção

Para combater o avanço das águas, a prefeitura de Porto Alegre está utilizando sacos de areia e cimento para fechar comportas do sistema anticheias na cidade. Este esforço acontece no mesmo local onde, uma semana atrás, uma comporta foi removida para permitir o escoamento da água acumulada nas ruas.

Recorde de Chuvas e Impactos na Capital

Porto Alegre registrou mais de 100 milímetros de chuva em apenas 24 horas, fazendo de maio o mês mais chuvoso em mais de um século, conforme levantamento da Climatempo com dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Este volume excepcional de chuva, combinado com problemas nas galerias de escoamento e limitações nas casas de bombas, resultou em alagamentos em áreas que anteriormente não haviam sido afetadas.

A instabilidade climática também afetou a rotina dos moradores. Estudantes de uma escola na Zona Sul tiveram que ser resgatados devido às inundações, e várias residências foram tomadas pela lama e entulho.

Alerta de Deslizamentos e Ações da Defesa Civil

A Defesa Civil de Porto Alegre emitiu um alerta para 26 pontos com alto risco de deslizamentos, processos erosivos e rolamento de blocos, válido até a próxima segunda-feira (27). No Vale do Taquari, a situação é igualmente grave, com 300 moradores de Cruzeiro do Sul sendo forçados a deixar suas casas por risco de deslizamentos.

Plano de Reconstrução e Fundo Rio Grande

O governador Eduardo Leite sancionou a lei que institui o Plano Rio Grande e o Fundo do Plano Rio Grande, destinados à reconstrução do estado após os desastres. Este plano prevê ações imediatas, de médio e longo prazo, para restaurar a infraestrutura e apoiar a população afetada.

Consequências dos Desastres

Até o momento, o estado registra 163 mortes devido aos temporais e cheias. Além disso, há 65 pessoas desaparecidas, 806 feridos e 645 mil pessoas desalojadas. As inundações também causaram a morte de quatro pessoas por leptospirose, devido ao contato com água contaminada.

Medidas Adicionais e Mobilização Comunitária

Em resposta às novas inundações, a prefeitura de Porto Alegre está criando “corredores humanitários” para facilitar o acesso de veículos de emergência em áreas críticas. Além disso, a comunidade local está mobilizada na limpeza e recuperação das áreas afetadas, embora a incerteza e a tensão sejam palpáveis entre os morador.

Fonte: G1

Mauro Mendes Critica Emanuel Pinheiro: “Está no Fim da Carreira e Envolto em Escândalos”

0

O governador Mauro Mendes (União) rebateu as acusações do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) de que o Estado teria bloqueado a liberação de R$ 60 milhões em emendas para Cuiabá.

Mendes refutou veementemente as alegações de Emanuel, classificando sua carreira política como “trágica” e repleta de escândalos. O governador afirmou que o prefeito está tentando enganar a população com falsas denúncias.

“Falar que o Governo do Estado está obstruindo a liberação de emendas, pelo amor de Deus, é mais uma tentativa desesperada desse prefeito”, declarou Mendes nesta quarta-feira (22). “O prefeito é conhecido pelos grandes escândalos de corrupção que marcaram sua gestão até agora, com 19 escândalos de corrupção e secretários de Saúde presos. O que resta a um homem no final de uma carreira política trágica como essa? Mentir, tentar enganar, tentar ludibriar a população. Só que ninguém é ingênuo, não vai acreditar em suas mentiras”, acrescentou.

Mendes também comentou sobre a recente reunião entre a equipe técnica do Estado e o prefeito para discutir a situação da saúde em Cuiabá. Apesar de não participar do encontro, o governador afirmou ter recebido informações que contradizem as alegações de Emanuel sobre os números de atendimentos na Capital.

O governador refutou as afirmações de Emanuel de que Cuiabá sustenta o sistema de saúde do Estado, chamando essa ideia de “lenda”.

“Eu recebi dados preliminares e eles são completamente diferentes da narrativa que o prefeito insiste em propagar. Ele vive uma fantasia do passado, onde Cuiabá sustenta a saúde do Estado. É a maior mentira que existe”, disse.

“É muito cansativo para mim ter que gastar energia desmentindo um mentiroso, um fanfarrão. É uma perda de tempo. Um sujeito no final de sua carreira, envolto em escândalos, tentando criar histórias falsas. Eu não vou desperdiçar meu tempo com isso”, concluiu.

Morador de MT Condenado pelo STF é Preso Tentando Fugir para a Argentina

0

Juvenal Alves Corrêa, eletricista residente em Várzea Grande, foi detido nesta quarta-feira (22) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) enquanto tentava escapar para a Argentina. Corrêa foi condenado a 16 anos de prisão pelo Supremo Tribunal Federal (STF) devido à sua participação nos ataques às sedes dos Três Poderes em Brasília, ocorridos em 8 de janeiro de 2023.

A prisão ocorreu próximo a Naviraí, Mato Grosso do Sul, a mais de 1.000 quilômetros de sua residência. Durante uma ultrapassagem proibida, a PRF o abordou e, ao verificar o sistema, constatou que havia um mandado de prisão em seu nome.

Juvenal informou às autoridades sobre suas pendências judiciais e sua participação nos atentados de janeiro de 2023. Sua mãe confirmou à PRF que seu destino era a Argentina, liderada por Javier Milei, uma figura proeminente da direita e destino escolhido por muitos bolsonaristas condenados.

Segundo o Portal UOL, Juvenal quebrou sua tornozeleira eletrônica recentemente. Sua advogada alegou que o dispositivo se danificou em um acidente duas semanas antes.

A audiência de custódia com o STF foi realizada por videoconferência na tarde de quarta-feira. O ministro Alexandre de Moraes indicou que solicitará a transferência de Juvenal para uma prisão em Mato Grosso.

Condenado por golpe de Estado, dano qualificado e associação criminosa armada, Juvenal enfrenta uma sentença de 16 anos de prisão, imposta pelo STF em fevereiro deste ano. Sua prisão foi ordenada devido ao aumento de casos de fugas entre os condenados pelos eventos de 8 de janeiro.

A defesa de Juvenal nega qualquer intenção de fuga e afirma que recorrerá da decisão junto ao STF.

Fonte: BaixadaCuiabana

Expedição SER Família Mulher – MT Por Elas Inicia por Cáceres

0

A primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, lançou a iniciativa Expedição SER Família Mulher – MT Por Elas, visando fortalecer as políticas públicas e combater a violência contra as mulheres no estado. O evento inaugural está marcado para os dias 28 e 29 de maio em Cáceres.

Eliene Liberato, prefeita do município, elogiou a proposta da primeira-dama e destacou a importância do programa para enfrentar a violência de gênero em Cáceres, reconhecendo a sensibilidade da gestão estadual em abordar esse desafio.

A Expedição, sob a gestão da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), percorrerá 15 Regiões Integradas de Segurança Pública (RISP), oferecendo capacitações às equipes da rede socioassistencial.

Virginia Mendes ressaltou a necessidade de medidas eficazes para reduzir os índices de violência contra a mulher em Mato Grosso, e a secretária da Setasc, Grasi Bugalho, explicou que Cáceres foi escolhida como ponto de partida devido à sua localização estratégica na fronteira com a Bolívia e aos indicadores da região.

O governador Mauro Mendes enfatizou o compromisso do estado em prevenir crimes de violência doméstica, destacando a importância da Expedição como uma ferramenta para esse fim.

Miranir de Oliveira, superintendente de Políticas Públicas para as Mulheres da Setasc, enfatizou a importância da interiorização das ações contra a violência de gênero.

A Expedição SER Família Mulher – MT Por Elas percorrerá os 15 municípios das RISP, promovendo capacitações e ações preventivas em parceria com diversas entidades, incluindo prefeituras municipais, Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Tribunal de Justiça, Ministério Público e Defensoria Pública.

Fonte: BaixadaCuiabana