Paolo Guerrero Sofre Golpe de R$ 2,3 Milhões em FGTS, Aponta Operação da Polícia Federal

0
32

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (28) uma operação em São Paulo para investigar fraudes no saque do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) de jogadores de futebol. Um dos principais alvos da fraude foi o ex-jogador do Corinthians e Flamengo, Paolo Guerrero, que teve R$ 2,3 milhões retirados de forma fraudulenta em 2022.

Investigação e Denúncia

Atualmente jogando pelo César Vallejo, no Peru, Guerrero foi o primeiro a denunciar o golpe, iniciando a investigação. Durante as buscas, a Polícia Federal encontrou uma lista com nomes de outros jogadores que podem ter sido vítimas do mesmo esquema, indicando que novas fases da investigação serão necessárias.

Operação em São Paulo

A operação envolveu o cumprimento de seis mandados de busca na região metropolitana de São Paulo. Os golpistas se faziam passar por procuradores dos jogadores utilizando documentos falsos para realizar os saques fraudulentos.

Consequências Legais

Os responsáveis pela fraude serão indiciados por estelionato, falsificação de documento público, uso de documento falso e associação criminosa. As penas para esses crimes podem chegar a 20 anos de prisão, dependendo da gravidade e do envolvimento de cada acusado.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui