sexta-feira, maio 7, 2021
HomeCovid-19Cuiabá tem estoque para segunda dose da vacina CoronaVac, como recomenda o...

Cuiabá tem estoque para segunda dose da vacina CoronaVac, como recomenda o Ministério da Saúde

Por Esportes & Notícias

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, pediu nesta segunda-feira (26), que os municípios armazenem doses da CoronaVac, produzida pelo Butantan, para garantir a segunda aplicação de quem já recebeu a primeira dose do imunizante. A recomendação deixa clara a escassez do produto no país e foi feita no mesmo dia em que a Anvisa descartou a possibilidade de importação da Suputinik V pelo consórcio de estados e municípios.

Queiroga falou numa audiência pública da Comissão Temporária da Covid, no Senado. Logo no início, pediu que estados e municípios evitem aumentar a lista de grupos prioritários para não atrapalhar o Plano Nacional de Imunização, e reforçou a gravidade da pandemia.

“O número de óbitos no ano de 2021 supera o número de óbitos que ocorreu no ano de 2020 inteiro, mostrando a gravidade dessa doença e a necessidade de adoção de medidas que sejam eficazes”, disse Queiroga.

O ministro reforçou que o atraso na chegada de insumos para a produção de vacinas no instituto Butantan atrasou a produção e que por isso, é preciso estocar o produto para garantir a segunda dose.

“Como esta semana não temos previsão de chegada de vacina do Butantan, só daqui a cerca de 10 dias, nós vamos emitir uma nota técnica a cerca desse tema. Inclusive na minha cidade, de João Pessoa, se judicializou e se foi entregue essas doses de CoronaVac por judicialização, só que se todos judicializarem, não tem dose pra todo mundo”, explicou.

O Butantan disse ainda que já entregou cerca de 41 milhões de doses da CoronaVac ao Programa Nacional de Imunização, e que um novo lote com mais cinco milhões será entregue a partir da semana que vem.

Cuiabá

Na capital de Mato Grosso, Cuiabá,  prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) garantiu que o município tem feito o dever de casa e  que não usa a segunda dose como se fosse a primeira.

“Quem vacinou com a primeira dose pode dormir tranquilo que terá a segunda dose da vacina. Não existe a menor possibilidade de faltar”, garantiu o prefeito.

Atualmente são 5 pontos de vacinação instalados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), em Cuiabá. São eles: estacionamento do Sesi Papa; Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Centro de Eventos do Pantanal, Sesc Balneário e estacionamento da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL-MT). Até segunda-feira (26), foram 110.459 vacinados – sendo 82.730 na primeira dose e na segunda dose foram 27.729 vacinados.

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments