Operação da PF faz buscas em casa de advogada

0
306

Reprodução

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (14) a Operação Shoyu, que investiga fraudes ambientais na produção de soja.

De acordo com informações preliminares, um mandato de busca e apreensão está sendo cumprido em Cuiabá na casa da advogada Daniela Soraia Sebben Braz Costa.

Daniela é irmã do empresário Bertholdo Dewes Neto. Ele ocupou o cargo de presidente do Instituto de Meio Ambiente e Ordenamento Territorial do Amapá (IMAP), e, chegou a ser preso por supostas fraudes que, segundo a PF, provocaram danos aos cofres públicos de pelo menos R$ 7 milhões.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui