sexta-feira, setembro 17, 2021
HomeDestaqueRelatório parcial da CPI da Covid, aponta Jose Medeiros como propagador de...

Relatório parcial da CPI da Covid, aponta Jose Medeiros como propagador de “fake news”

Apontado como politico de ultradireita e um dos mais arraigados apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o deputado federal José Medeiros (Podemos) está na mira da CPI da Covid, que investiga corrupção, preços superfaturados e negacionismo nas compras de vacinas contra a Covid-19 e de medicamentos não indicados para a cura da saúde, amplamente divulgados pelo presidente. O parlamentar mato-grossense faz parte de uma lista de 26 deputados que segundo um relatório preliminar do senador Renan Calheiros (MDB-AL) relator da CPI, estariam espalhando “fake news” nas redes sociais sobre medicamentos, tratamento, e implicações políticas da pandemia do novo coronavírus.

O site Congresso em Foco em uma reportagem sobre políticos contrários a vacinação e que espalham notícias falsas, mostra que o relatório do senador Renan Calheiros apresenta pelo menos dois episódios em que o deputado José Medeiros teria “mentido ou omitido” informações sobre o Covid-19 – quando fez a defesa de utilização de medicamentos sem eficácia comprovada, para tratamento do novo coronavírus, e editado um vídeo em que o presidente Jair Bolsonaro disse “E daí?”, numa resposta a jornalistas que questionavam as até então 5 mil mortes causadas pelo vírus, no fim do mês de abril de 2020- hoje passam de 440 mil mortes de brasileiros -. A lista de políticos que estariam espalhando fake news é composta majoritariamente de parlamentares que apoiam o presidente Jair Bolsonaro, e até Ministros de Estado, mas também conta com membros da oposição ao Governo Federal, como as deputadas federais Gleisi Hoffmann (PT-PR), Erika Kokay (PT-DF), Sâmia Bomfim (PSOL-SP), além do também deputado federal Marcelo Freixo (PSB-RJ).

O Congresso em Foco aponta, no entanto, que o deputado federal Osmar Terra (MDB-RS) atua como uma espécie de “Ministro da Saúde Paralelo”, com um volume de propagação de informações “distorcidas”, e “inverídicas”, que se destoa dos demais da lista.

A reportagem do site Esportes & Notícias procurou o parlamentar mato-grossense, mas não teve respostas para falar sobre o relatório parcial do senador Renan Calheiros que o aponta como um dos principais espalhadores de mentiras falsas contra o vírus com o objetivo de proteger o presidente Jair Bolsonaro.

Por Esportes & Notícias

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments