quarta-feira, junho 16, 2021
HomePolíticaMPE investiga estoque de medicamentos vencidos pelo município de Cuaibá

MPE investiga estoque de medicamentos vencidos pelo município de Cuaibá

Depois de ter de explicar o estoque à Câmara Municipal de Cuiabá o estoque de medicamentos vencidos por parte da prefeitura, a secretária municipal de Saúde, Ozenira Félix Soares de Souza, terá de apresentar bons argumentos ao Ministério Público  Estadual (MPE) sobre possíveis irregularidades.

Na última quarta-feira (5), o promotor de Justiça Alexandre de Matos Guedes, instaurou inquérito para investigar falhas no estoque e distribuição de medicamentos no Centro de Distribuição de Medicamentos e Insumos (CDMIC). Denúncias feitas por vereadores da Capital teriam mostrados, em vídeo, grande quantidade de medicamentos com validade vencida, o que teria provocado grande prejuízo a usuários do SUS.

A Notícia de Fato apresentada ao MPE pelos parlamentares ostra medicamentos básicos e fundamentais, como Amoxicilina, Ibuprofeno, Ritalina, Anestésicos, Dipirona, Paracetamol e até leite em pó impróprios ao consumo humano nas dependências do CDMIC.

O MPE solicitou que Ozenira responda: “Por que há existência desses medicamentos vencidos; 2) Por quais motivos não houve a regular distribuição dos medicamentos e demais insumos as unidades de saúde no seu tempo de validade?”.

Após a repercussão do caso, a Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá (SMS) informou, por nota, “que em relação aos medicamentos vencidos encontrados no Centro de Distribuição de Medicamentos e Insumos (CDMIC), não tem nada a esconder”.

“Já existe um procedimento administrativo correndo acerca desses medicamentos fora do prazo de validade, onde constam as notas dos fornecedores, o levantamento do motivo para a não dispensa dos produtos, como a baixa demanda, que se acentuou neste período de pandemia”, afirmou trecho da nota.

Por:Esportes & Notícias

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments