quarta-feira, agosto 17, 2022
HomeDestaque principalDetento ameaça policiais do Bope

Detento ameaça policiais do Bope

Noticia Max

Um criminoso supostamente preso fez ameaças de morte contra policiais em resposta ao confronto do Batalhão de Operações Especiais (Bope), que resultou na morte de dois bandidos na noite desta quarta-feira (06), no bairro Altos da Serra, em Cuiabá.

Conforme a mensagem que circulou via aplicativo, o criminoso sugere aos comparsas que policiais sejam mortos para evitar que outras ‘execuções’ semelhantes.

“Gurizada vamos começar a matá polícia na rua, porque se não vai ser todo dia assim, morrendo gurizada, ninguém matá polícia poriso os cara na rua fica tudo pagando de bandido mais é bandido só para mata um a outro, ninguém faz nada para acabar isso. Altos cara bom morrendo na rua quando eu sair daquele jeito vou para quebrada, vou matar um policial lá ai quero ver quem é os cara que são bandido mesmo na quebrada porque o trem vai ficar loko (sic)”, diz trecho do comunicado.

A Polícia Civil investiga o conteúdo da publicação.

Entenda o caso
Segundo informações do boletim de ocorrências, a viatura estava em rondas pela região, conhecida pelo histórico ligado ao tráfico de drogas, na noite desta quarta-feira (05), no bairro Altos da Serra, na Capital.

Os policiais foram recebidos a tiros e revidaram. Um cerco policial foi montado entre as ruas Coqueiral e Amazonas e iniciou-se uma perseguição policial. Ao se aproximar de uma casa em construção, um individuo que estava na porta atirou novamente em direção aos militares, que reagiram vindos atingi-lo.

As buscas continuaram no interior da residência, no entanto, ninguém foi encontrado.

Momentos depois, na rua Coqueiral, os policias visualizaram um suspeito em porte de uma pistola e efetuaram os disparos. O segundo criminoso também foi baleado.

Diante dos fatos, os criminosos foram socorridos, encaminhado até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), localizada no bairro Planalto, para receber atendimento médico, mas não resistiram aos ferimentos e morreram.

Por meio de nota, a Polícia Militar se manifestou sobre o caso. Cnfira na íntegra:

“O Batalhão de Operações Especiais(Bope) da Polícia Militar informa que não apreendeu nenhum celular no local ou com os suspeitos mortos no confronto da noite de ontem(05), no bairro Altos da Serra, em Cuiabá. Portanto, não teve acesso a textos e áudios com ameaças a policiais militares, como veiculou na imprensa.

A Polícia Militar informa que tomou conhecimento, sim, via redes sociais(Whatsapp), de áudios e textos com tom ameaçador direcionados a policiais militares de Mato Grosso.

Todavia, a instituição militar estadual, como remota sua trajetória de 185 anos em defesa da sociedade mato-grossense, destaca que não atua por vingança ou revanche, mas em situações reais de ameaça e de crimes que colocam em perigo a população, cidadãos e cidadãs de bem.

É nesse contexto de atuação em defesa da vida e da segurança pública que também estão os policiais militares, pais e mães de família que saem às ruas para trabalhar e que também precisam se resguardar nas situações de ameaças e confrontos reais impostos pelo exercício da profissão”. 

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments