sexta-feira, maio 7, 2021
HomeDestaqueMãe de vendedora que morreu após cirurgias plásticas será ouvida nesta semana

Mãe de vendedora que morreu após cirurgias plásticas será ouvida nesta semana

Por: Esportes & Notícias

A mãe da vendedora Keitiane Eliza da Silva, 27 anos, que morreu na semana passada, em Cuiabá, após passar por procedimentos cirúrgicos estéticos, no Valore Day Hospital, localizado no bairro Santa Rosa, na Capital, deve ser ouvida.

A delegada responsável pelo inquérito é Luciani Barros Pereira de Lima, da 2ª Delegacia de Polícia de Cuiabá, que já está com o prontuário médico do hospital e também coletou as imagens das câmeras de segurança da unidade de saúde.

A mãe da vendedora, foi quem a acompanhou durante todo o procedimento de internação.

O laudo de necropsia aponta que não foi encontrada nenhuma perfuração ou ruptura nos órgãos da vítima e confirma que a morte se deu por choque hemorrágico.

Ainda segundo a perícia, havia presença de sangue na cavidade que fica no abdômen e na qual está a maioria dos órgãos abdominais. Porém, não foi encontrada nenhuma perfuração ou ruptura nos órgãos da vítima.

O laudo confirma que a morte se deu por choque hemorrágico, causado por instrumento cortante e pontua que não há indícios de que o óbito tenha sido produzido por meio ardiloso ou cruel.

Os procedimentos cirúrgicos realizados na vendedora foram: lipoescultura com enxerto de gordura em glúteo, abdominoplastia e correção de uma cicatriz na mama, sendo que este último não havia sido feito pelo cirurgião plástico. O procedimento durou cerca de seis horas (começou às 08h e terminou às 14h).

“Em pré-consulta com médicos anestesista e cardiologista, a paciente realizou todos os exames necessários e os mesmos não apresentaram nenhuma anormalidade. Portanto, a paciente estava apta ao procedimento e, assim, foi liberada para realizá-lo”, diz trecho da nota encaminhada pelo médico Alexandre Veloso, responsável pela cirurgia.

Caso

A vendedora de carros Keitiane Eliza da SIlva, de 27 anos, faleceu na madrugada de terça-feira (13), após ela apresentar instabilidade em seu quadro e teve uma parada cardíaca e foi transferência para uma Unidade Intensiva de Saúde (UTI) no Hospital Santa Rosa, onde faleceu.

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments